Leilão Motos

Participe de Leilão de Motos no RJ de forma presencial ou online

+ Leilão Motos

Leilão de Motos RJ

Para circular pela Cidade Maravilhosa, aproveitando a brisa que vem do mar e o calor do verão, nada melhor do que uma moto. Afinal, este tipo de veículo ainda colabora para quebrar a rotina e ajuda a chegar mais rapidamente ao destino, por permitir ao seu motorista “costurar” pelo trânsito – com segurança – e, desta forma, andar mais do que aqueles que estão em um carro ou ônibus.

Alcançar o sonho de adquirir a própria moto, todavia, não é algo que faça parte da realidade de todos os cariocas. Muitos precisam trabalhar bastante e comprometer uma parte da renda familiar para honrar um consórcio mensal, já que o pagamento à vista é algo pouco provável para o trabalhador comum.

Uma opção para quem quer adquirir uma moto, pagando até 40% menos do valor de mercado, é participar de um leilão de motos, promovido pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) ou por alguma seguradora, prática que tem se tornado cada vez mais popular e difundida por motoristas de todo o país.

Aqueles que usam a moto para trabalhar costumam ver nos leilões a oportunidade de compra para aumentar o negócio e/ou dar o pontapé inicial em uma nova carreira. Muitos motociclistas que gostam de praticar trilhas também recorrem aos leilões para adquirir uma moto seminova, em bom estado de conservação e que “aguente o tranco”, sem precisar colocar a mão no bolso e ficar zerado no fim do mês.

Em 2011 foram realizados cerca de dez leilões no RJ, todos na capital fluminense, nos quais foram negociados veículos que foram apreendidos há cerca de 90 dias por conta de atrasos em impostos e no licenciamento, por falta de segurança no tráfego, por excesso multas, por causa de falência de seu proprietário, por renovação na frota de alguma empresa e até mesmo por causa de roubos e sinistros, no caso das seguradoras e seus proprietários que não procuraram o veículo para retirá-lo do pátio do Detran dentro deste prazo.

Nesse tipo de transação, além de conquistar a própria moto, também é possível comprar peças e sucata, tudo legalizado para o benefício do arrematante. O mais bacana é que um leilão de motos no RJ não precisa, necessariamente, ser acompanhado presencialmente. Muitos podem ser acompanhados pela internet, em transações online nas quais os interessados se cadastram com antecedência para participar dos lances de cada veículo.

Para saber as datas, horários e local de cada leilão, o interessado pode ficar de olho no site do Detran carioca para se informar sobre qual o melhor dia para tentar o sonho de adquirir uma moto com a qual irá passear e/ou trabalhar pela cidade.

No dia do leilão presencial, o interessado em adquirir uma moto precisa ter em mãos o Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), que estejam regulares, RG original e o termo de aceitação das condições do leilão datado e assinado.  Em alguns leilões, também é requerido um comprovante de residência para a inscrição no leilão. Para participar, é preciso ser maior de 18 anos, mas não é preciso ter a carteira de motorista. Todavia, para retirar a moto do pátio no qual estará estacionada, em outro dia que não o do leilão, é preciso que o comprador ou seu representante compareçam ao local com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em mãos, e na categoria A, apropriada para conduzir motos.

O pagamento de uma moto adquirida em leilão deve ser feito à vista, com dinheiro ou cheque caução. As regras referentes a cada leilão são divulgadas no edital de cada transação, no site do Detran de cada estado próximo a data de realização da negociação das motos.

No site do Detran do Rio de Janeiro (RJ), é possível conferir algumas imagens das motos que estarão disponíveis no lote a ser leiloado. Ainda assim, é importante, no dia da negociação, checar pessoalmente o veículo para evitar decepções com arranhões, amassados, problemas na pintura, nos pneus, no motor e até com a parte elétrica. As motos adquiridas por meio de leilão saem regularizadas para circular em nome de seu novo proprietário e com as dívidas anteriores quitadas. No entanto, o pagamento da transferência de proprietário e o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) ficam sob responsabilidade do arrematante.

No caso de dúvidas, aqueles que têm interesse em participar de um leilão de motos promovido pelo Detran carioca podem entrar em contato com o órgão estadual por meio do telefone 0800-020-4042, para os moradores de todo o estado.

NOVIDADES

Cadastre-se para receber nossas dicas e notícias



Links Úteis

Tabela Fipe de Motos

Antes de comprar, financiar sua moto consulte o valor de mercado através da tabela fipe.

As informações aqui contidas são de utilidade pública, não possuímos vínculos com nenhuma das empresas citadas e não nos responsabilizamos por alterações nas condições dos serviços citados.